Páginas

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Venerável Maria Montserrat Grases García, Virgem e Leiga do Opus Dei.


Venerável Serva de Deus Maria Montserrat Grases Garcia, leiga.

O Papa Francisco autorizou a promulgação dos decretos relativos a várias causas de canonização. Entre elas está o decreto sobre as virtudes heróicas de Maria Montserrat Grases (1941-1959), uma jovem do Opus Dei morta aos 18 anos.

Ao saber do anúncio feito pela Santa Sé, o prelado do Opus Dei, D. Javier Echevarria, disse: “Agradeço de coração ao Senhor por este passo na causa de beatificação de Montserrat, uma menina com uma vida curta, mas que foi um verdadeiro presente de Deus para aqueles a trataram e também para aqueles que a conheceram depois do seu dies natalis, ou seja, a sua partida para o céu”.

Finalmente, Mons. Javier Echevarría disse que tem “a esperança de que o exemplo de Montse continue ajudando muitas moças e rapazes a considerar uma vida de doação generosa ao Senhor no casamento, no celibato apostólico, na vida religiosa e no sacerdócio”.


Breve biografia
Maria Montserrat Grases Garcia, mais conhecida como “Montse”, nasceu em Barcelona em 10 de julho de 1941.
Aos dezesseis anos, percebeu que Deus a chamava a consagrar-se na Igreja e depois de meditar, orar e pedir conselhos solicitou a admissão no Opus Dei.
Pouco antes da idade de dezessete anos, foi diagnosticada com câncer (sarcoma de Ewing) no fémur da perna esquerda. A doença durou nove meses e causou-lhe dor intensa, que ela aceitou com serenidade e fortaleza.

Morreu em 26 de março de 1959, Quinta-feira Santa.

"Montse" olhando carinhosamente para sua mãe. Observem
que já se encontra enferma e restrita ao leito. 



Sempre serena, feliz e alegre mesmo em meio à cruel doença.

2 comentários:

Unknown disse...

Quanta paz sentimos quando sentimos o seu olhar!!!! Quanta vida, quanto amor!!!

Marcia Tatit von Schaaffhausen disse...

Quanta paz sentimos quando sentimos o seu olhar!!!! Quanta vida, quanto amor!!!

Postar um comentário