Páginas

quarta-feira, 15 de julho de 2015

SANTO ANDRÉ HUMBERTO FOURNET, Presbítero e Co-Fundador da Congregação das Filhas da Cruz.


Penúltimo de uma família de dez filhos, nasceu em Saint-Pierre-de Maillé (França), a 6 de Dezembro de 1752. Aos 17 anos recebeu a tonsura, mas não podia prosseguir os estudos no seminário por sua débil saúde. Em vão tentou entrar na magistratura e no exército.
Os pais encaminharam-no, então, para o tio, pároco de Haims. Depois de algum tempo, o jovem conseguiu superar as dificuldades que sentia na carreira sacerdotal, reentrou no seminário e em 1776 ordenou-se em Poitiers. Nomeado vigário de Haims e depois pároco de São Pedro em Maillé, conservou o gosto pela vida brilhante e fácil que levava na juventude. Contudo, um dia encontrou-se com um mendicante que o convenceu a mudar de vida.
Despojou-se de tudo o que era supérfluo e passou a viver austeramente. Em 1791 recusou o juramento constitucional exigido pela revolução, passou a Espanha e lá permaneceu até 1797. De volta à França, dedicou-se ao apostolado clandestino. Encontrou Joana Isabel Bichier des Ages, a quem pediu para abrigar em sua casa quatro moças desejosas de consagrar a vida à educação cristã da juventude e assistência aos pobres. Ela concordou e recebeu-as em La Guimetiére, património da família.
O padre André impôs à sua filha espiritual múltiplas provas para fazê-la crescer na santidade. Assim nasceu um novo Instituto religioso, que tomou o nome de Filhas da Cruz. Em 1822, o Bispo de Poitiers nomeou o Padre André Vigário Geral da nova Comunidade. 
Sua espiritualidade caracterizava-se por uma intensa devoção à Santíssima Trindade e à Cruz, num espírito de grande penitência e zelo apostólico ilimitado.

As suas pregações giravam em torno do mistério de Jesus Crucificado e das virtudes evangélicas de pobreza, humildade, desprendimento e renúncia a toda a espécie de prazeres. Faleceu em La Puye, a 13 de Maio de 1834. Foi beatificado por Pio XI em 1926 e solenemente canonizado pelo mesmo Papa no dia 4 de Junho de 1933.

Nenhum comentário:

Postar um comentário