Páginas

domingo, 31 de agosto de 2014

SÃO RAIMUNDO NONATO, Religioso da Ordem de Nossa Senhora das Mercês e Cardeal (patrono das gestantes e parturientes).


São Raimundo Nonato, Cardeal
São Raimundo Nonato nasceu em Portel, Espanha. Quando São Pedro Nolasco, a 10 de agosto de 1218, dava início à Ordem das Mercês para a redenção dos escravos, com rito solene na Catedral de Barcelona, da qual era cônego o amigo e conselheiro Raimundo de Penafort, entre os fiéis estava também um moço de dezoito anos: Raimundo Nonato.
Raimundo recebeu a alcunha de Nonato ("não nascido") porque foi extraído do ventre de sua mãe, já morta antes de dar-lhe à luz, ou seja, não nasceu de uma mãe viva, mas foi retirado de seu útero, algo raríssimo à época...
Filho de família pobre, quando menino foi pastor de rebanhos. Vestiu o hábito dos mercedários aos vinte e quatro anos de idade, seguindo o exemplo do fundador, se dedicou à libertação dos escravos da Espanha ocupada pelos mouros e à pregação no meio deles.
São Raimundo Nonato, homem de oração
e profundamente eucarístico. 
No ano de 1226 chegou até a Argélia e entregou-se como escravo, a fim de consolar e animar pela fé os prisioneiros e trabalhar pela sua libertação Este gesto parece natural a que chega a caridade heroica de um santo que vive o Evangelho integralmente.
São Raimundo ficou vários meses como refém e submetido a reiteradas e cruéis malvadezas, continuou pregando o Evangelho e seus perseguidores chegaram ao ponto de furarem a ferro quente os seus lábios e os trancaram com um cadeado, para impedir que ele continuasse denunciando as injustiças e proclamando o Evangelho.
Foi, finalmente, resgatado e, muito debilitado, retornou à Espanha. O Papa Gregório IX quis render-lhe uma homenagem pública por tão grandes virtudes conferindo-lhe, em 1239, apenas libertado, a dignidade cardinalícia (tinha apenas 39 anos), convocando-o como conselheiro.
Pôs-se em viagem, para atender ao convite do Papa, mas, pouco depois, uma febre violentíssima o atingiu e morreu em 31 de agosto de 1240 em Cardona, perto de Barcelona.
Foi sepultado na Igreja de São Nicolau. A devoção a Raimundo tornou-se popular. O santo foi canonizado pelo Papa Alexandre VII em 1657.

Pela sua difícil vinda à luz do mundo, São Raimundo Nonato é invocado como o patrono e protetor das parturientes e das parteiras.


São Raimundo Nonato socorrei a todas as parturientes e os recém-nascidos pela graça e amor de Deus. Amém! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário