Páginas

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

SANTO ELIAS, Profeta e Pai Espiritual de Todos os Carmelitas (I Reis 17 - II Reis 2)



Hoje, publico um artigo para o blog sobre nosso santo pai Santo Elias, grande profeta e pai espiritual de todos os carmelitas. O artigo vem no estilo "esquema para palestra", que pode ser copiado e servirá para serem preparadas em PowerPoint e serem ministradas nas comunidades e grupos aos quais os leitores possam pertencer. 
Desde, já desejo a todos e a todas um feliz e santo 2014, repleto das bençãos de Deus. Que Ele seja o verdadeiro centro de nossa vida e que Jesus Cristo nosso único Caminho, Verdade e Vida. Amém! 




SANTO ELIAS, PROFETA

I)      Época na qual viveu:  século VII A.C.

II)   Significado do nome “Elias”: “Meu Deus é Iahweh”. O    nome de uma pessoa, na Sagrada Escritura significa todo um   programa de vida dessa pessoa. Portanto, ter por nome "Elias" é ter a Deus como o centro de seu ser e de seu projeto de vida. 

III)   Situação da época: Elias viveu em um período de decadência de Israel: reis corruptos e tiranos; povo afastado de Deus, mergulhado na idolatria: cultuando a "Baal", deus dos filisteus e de outros povos circunvizinhos. 

IV)   "Lugar de Elias": o Monte Carmelo, na Palestina, lugar da manifestação da fé do profeta em seu Deus. Lá Elias operou milagres em nome de Iahweh: o fogo que caiu do céu sobre o altar do Senhor (sinal da purificação do povo) e a chuva que caiu sobre a terra seca (sinal de vida nova e perdão para o povo).

V)      Características do Profeta Elias:

A)    Homem de Deus ou homem justo, voltado para a obediência à vontade de Deus, zeloso pela causa de Deus, de conduta irrepreensível e ilibada. 

B)  Profeta do Senhor: Elias não deixou nada escrito, mas testemunhou com a vida sua total adesão a Deus e seu amor ardoroso por Ele. O profeta é “a voz do Senhor no mundo”, é “a boca de Deus”, que transmite ao povo sua santa vontade. 

C)   Homem de fé: Elias alcançou do Senhor quatro grandes milagres: a multiplicação do azeite e da farinha na casa da viúva de Sarepta que o acolheu; a ressurreição de seu filho; o fogo que caiu do céu sobre as oferendas a Iahweh; a vinda imediata e súbita de abundante chuva após três anos de seca.

Elias e a viúva de Sarepta: a multiplicação do azeite e
da farinha de trigo. 


Ressurreição do filho da viúva de Sarepta. 



    D) Homem de oração: Místico e  contemplativo.
        Somente os místicos conseguem perceber a presença "escondida de Deus" nas coisas simples, nos fatos da aparentemente "comuns" da vida e em seu cotidiano. Ex.: Elias "sente" que a presença de Deus está na "brisa leve" que sopra à porta da gruta na qual estava orando e não no terremoto ou no fogo (frequentemente relacionados à presença do poder de Deus)... 




       E)   Homem zeloso por Deus (lembrar o episódio dos “profetas de Baal”). É famosa sua frase, lema do brasão de nossa Ordem  Carmelita: “Zelo Zelatus Sum Pro Domino Deo Exerci Tuum!”, isto é, consumo-me de zelo pelo Senhor Deus dos Exércitos! Elias, em sua conversa com Iahweh, enumerou as três causas de seu ardente zelo: o povo havia abandonado sua aliança, o desrespeito aos altares de Deus e a morte dos profetas de Deus (mortos pelo povo idólatra).

Fogo que cai do céu sobre as oferendas a Iahweh, após a prece de Elias. 

F)    Homem de coragem: denunciou a maldade e anunciou o castigo da mulher do rei Acab, Jezabel. Um verdadeiro profeta não teme as consequências de suas profecias, pois, fala em nome de Deus, inspirado por Ele, sob suas ordens. Ele confia totalmente no Senhor e que não será confundido.  

G)  Homem “normal: diante da perseguição e da dor (incerteza, insucesso), teve medo e desesperança (pediu  a Deus “para morrer”).

H)  Homem “alimentado por Deus: um anjo veio trazer-lhe um “pão assado sobre pedras” que o sustentou “no deserto” (sinal de encontro pessoal com Deus) por 40 dias e 40 noites (sinal de provação e purificação).







I)    Elias Mestre: inspirado por Deus, escolheu e formou, como sucessor a Eliseu (jogou o manto sobre ele, isto é, “jogou sua alma, seu espírito, sobre Eliseu”). A partir de Eliseu, nasce, no Monte Carmelo, uma “espiritualidade Eliana”, isto é eremítica, baseada na oração, meditação da palavra do Senhor e vida ascética (primeiros eremitas do Carmelo, do Antigo Testamento). No fim do século XII e começo do século XIII, o monte Carmelo continua a ser “escola de vida interior” para muitos cristãos que lá se estabeleceram, naquele mesmo monte onde Iahweh “passou” diante de Elias.


J)   Homem “arrebatado por Deus: na linguagem bíblica, significa que Elias chegou ao ápice da união com Iahweh, que manda “cavalos de fogo” (poder e glória de Deus) para levar a alma de Elias. É prenúncio do “matrimônio espiritual”, do “arroubamento” ou “êxtase”, que nossa Santa Madre Teresa de Jesus testemunharia.

Elias é arrebatado por uma "carruagem de fogo". 





K)    São João Batista: veio com o “poder e o espírito de Elias” (amor a Deus, espírito de penitência, oração, zelo pelas coisas de Deus). Nesse santo identificamos várias características semelhantes a Elias: vida eremítica e penitente, coragem no anúncio, veemência em dizer a verdade, defesa da vontade de Deus e trazer o povo de Deus ao verdadeiro caminho (para Iahweh, o Senhor de Israel).


L)    Aparição de Elias a Jesus transfigurado no Tabor: Elias aparece como “representante dos profetas”, isto é, do profetismo, de todos aqueles que defenderam os interesses do Senhor (principal missão dos carmelitas no mundo). Ele conversa com Jesus sobre os acontecimentos que O esperam em Jerusalém. O Filho de Deus, Encarnado, Morto e Ressuscitado é o centro da história humana e de toda a ação dos profetas!

Transfiguração no Tabor: aparecem a Jesus os profetas Elias
e Moisés, que conversam com Ele sobre os acontecimentos
que se aproximam (sua Paixão e Morte). 

                                          (Giovani Carvalho Mendes, em 26/10/2001)



Iconografia de Santo Elias (outra amostra de imagens)
















A "nuvenzinha" que precede a abundante chuva que cai sobre
Israel: sinal da futura vinda ao mundo de Maria, canal da
abundante chuva de graças que cairá sobre a Terra. 






2 comentários:

The Best Singer Donna Summer disse...

Através do Profeta Elias pude perceber como é grande e abundante a misericórdia do Senhor. Através de Elias pude sentir a presença do Senhor em minha vida. Elias é um dos profetas mais destemido e perseverante da palavra do Senhor. Portanto através de Elias percebi que Deus incube cada um de seus santos para cuidar de suas almas na terra. Através do Profeta Elias senti o verdadeiro acolhimento da misericórdia do Senhor. Amém.

The Best Singer Donna Summer disse...

Essa pessoa que se sente agraciado pela interseção da misericórdia do Senhor através do profeta Elias se chama Alarcon José da Silva Morais. Amém.

Postar um comentário